“Não se julgue, dentro da vida, como alguém que nunca prestará contas dos atos mais íntimos.
Tudo o que praticamos, Dirceu, permanece gravado no livro da consciência. O bem é a sementeira da luz, portadora de colheitas sublimes de alegria e paz, enquanto que o mal nos enegrece o espírito, como tinta escura que mancha os alvos cadernos escolares."

Mensagem do pequeno morto — Carlos por Neio Lúcio

domingo, 23 de julho de 2017

Viver como patos e não como esponjas.


“Nós precisamos viver como patos e não como esponjas. Os patos têm uma glândula que distribui óleo em suas penas para torná-las impermeáveis. Depois que eles mergulham, sacodem as penas e já estão prontos para outra. Tudo fica por fora deles, nem a água nem a sujeira os atingem. Por outro lado, quando vivemos como esponja, absorvemos tudo que as pessoas nos dizem e acabamos nos tornando complexos, cheios de ressentimento”.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Simplicidade e Aceitação: Receitas para a Paz!

A importância da aceitação e da simplicidade, para que a gente possa viver de uma maneira muito mais feliz.

Faz muito tempo eu conversava com uma pessoa muito querida a esse respeito, tantas coisas na nossa vida que não acontece na hora que a gente quer, não é verdade? Ás vezes você planeja um dia tudo direitinho:

“ - Ah! amanhã vai fazer sol, ou vai chover, ou amanhã eu vou encontrar fulano ou ciclano, amanhã eu vou trabalhar o dia todo, não vou trabalhar”. 

Planejou o seu dia do jeito que você quer e dá tudo errado, pelo menos no seu ângulo, na sua perspectiva.  Da errado, segundo o seu planejamento, mas tudo acertado de repente, aos olhos da vida e exatamente porque nada do que você planejou aconteceu  tudo dá certo. Você encontra pessoas que não iria encontrar, lê livros que não iria ler, vive experiências que não iria vivenciar e a vida acaba acontecendo naquele instante, de improviso, de adaptação por quê? Porque seu coração estava aberto ao que era simples. Seu coração aceitou o imprevisto e ao invés de você se apegar o planejamento original, não teve problemas em se adaptar e pegar um novo rumo na estrada e se reinventar no decorrer do mesmo dia.

Por sua vez há aqueles dias, que realmente também tudo sai fora do lugar, só que ao invés da gente ter esse tipo de postura de simplicidade de aprender a ver beleza nas coisas simples, de aceitar o que a vida nos traz, há revolta, no lugar disso tudo o coração abraça com revolta o imprevisto. Então a pessoa fica chateada, angustiada, xinga, reclama:

“- Que droga nada aconteceu do jeito que eu queria. Puxa! Eu planejo e nada da certo. A minha vida é assim mesmo. Que fé? Coisa nenhuma. Que otimismo? Coisa nenhuma. Isso é coisa barata desse povo que não tem nada para fazer”.

E aí a pessoa começa a criar um inferno interno e não se dá conta que aquele imprevisto que poderia ser a matéria-prima para algo muito melhor, infelizmente vai se tornar mais um tijolinho no castelo de queixas, que essa pessoa tem feito na sua vida, durante todo o tempo desde que está aqui na terra. 

Resumo da história: a gente vai percebendo meus amigos, que não existe dias bons ou ruins existem simplesmente dias e o bom ruim vai depender da maneira como cada um de nós vai encarar cada um desses dias.

Gente isso é muito sério, quando a gente fala do evangelho, quando a gente fala dos ensinamentos espirituais, muitas vezes as pessoas acreditam que é decorar livros bonitos, frases prontas, histórias lindas e a gente às vezes esquece, que espiritualidade ela é vivida no dia a dia, no cotidiano da vida comum mesmo, sabe? Na hora de beber água, de fazer comida, de lavar roupa, de caminhar, de conversar com as pessoas, na hora de lidar com um dia que saiu das nossas expectativas. Na maneira como a nossa alma está aberta a acolher com carinho sem julgamento, com sabedoria, com gratidão. Aquilo que a vida nos traz, vai pré determinar se nós vamos tirar proveito do que a vida tem nos oferecido ou ao invés infelizmente, a gente vai ser levado pela correnteza das queixas que também por hora, algumas das nossas almas ainda têm a sintonia de viver em contato.

Por tanto, qual que é a nossa grande mensagem do evangelho de hoje? Não tenha medo de viver meus amigos e de se adaptar, se alguma coisa saiu do esquadro, tire proveito. Um relacionamento terminou antes da hora que você planejar? Uma viagem não deu certo? Um trabalho não sai do jeito que você queria? O livro não era tão bom quanto você imaginava? O filme não te surpreendeu? E daí?

Viva sua vida, agradeço e siga adiante. Transforma o limão na limonada. Nós precisamos criar essa resiliência em nós. E quando a gente tem gratidão no coração e a gente aprende a ver nas coisas simples a riqueza, a gente deixa de exigir tanto, o perfeccionismo que algumas pessoas têm. A simplicidade é o oposto do perfeccionismo, porque que a gente começa a se sentir feliz com as coisas simples, mesmo quando não sai tudo do jeito que a gente quer, a gente agradece ainda assim. Claro, nós vamos buscar fazer do nosso jeitinho, mas se não teve jeito, nós agradecemos e ainda assim seguimos adiante. Mas só dá para fazer isso para quem tem olhos para ver e ouvidos para ouvir. E quem não aceita a vida como ela é, certamente vai continuar brigando com sua alma, como ela ainda está.

Aceitar a vida como ela é meus amigos, é ter um espírito de aceitação ativa, você tem que fazer sua parte para melhorar, mas sem o apego com o tempo do resultado, esse tempo pertence a Deus.

Luz e paz pra você e um lindo dia!

Texto: Ricardo Melo.

segunda-feira, 10 de julho de 2017

A vida nunca erra.

Por que aparecem tantos problemas desagradáveis no dia a dia? Será verdade mesmo que quem planta colhe? Há tantas pessoas maldosas se dando bem! O que está errado?

Nada. Esta tudo certo. A vida nunca erra, ela é Deus em ação. Ao criar espíritos a sua semelhança, deu-lhe potenciais a ser desenvolvido, o livre-arbítrio com ele a responsabilidade de cuidar do próprio progresso. O espírito faz escolhas e colhe os resultados.

Ao criar os espíritos, Deus estabeleceu leis espirituais perfeitas com a finalidade de auxilia-los nessa trajetória. Sempre que alguém faça uma escolha equivocada, a vida coloca em seu caminho alguns problemas que transformarão o erro em aprendizagem. Mas ela só faz isso quando a pessoa já tem conhecimento suficiente para enfrenta-los e vencer.

As pessoas em sua ignorância, ainda não teriam capacidade de enfrentar certos problemas e aprender. A vida só age com justiça e na hora certa. Ela nunca castiga, só promove o progresso.

Se tiver dificuldade, experimente recolher-se em um lugar sossegado, elevar seu pensamento e com humildade pedir a Deus que lhe mostre o que está atraindo esse problema.

Vai surgir em sua mente um pensamento, uma crença que indique o que deseja saber. Continue analisando e poderá ate encontrar detalhes e soluções para resolvê-los.

O mais importante é saber que seja o qual for o problema que o esteja incomodando, se ele apareceu significa que você tem condição de resolvê-lo.

Nem sempre a solução vira do jeito que você gostaria, mas sim da forma melhor que poderá ser. Cada problema vem junto com a lição, traz a experiência, acaba com a ilusão. Não se lamenta por isso porque a verdade traz lucidez. Você fará melhores escolhas, colhera ótimos resultados, se tornará uma pessoa melhor e mais feliz.


Livro: Vá em frente – Zibia Gasperetto.